aculdade FATECH

Parecer Sobre Plágio

RESOLUÇÃO CPPEX N. 01/2015 

Estabelece diretrizes para a avaliação, composição e formatação do TCC dos alunos dos cursos de pós-graduação Lato Sensu do CPPEX/FATECH, e dá outras providências.

A Coordenadora do Programa de Pós-graduação Lato Sensu - PPGLS, da Faculdade de Teologia e Ciências Humanas – FATECH, no uso de suas atribuições estatutárias etc, tendo em vista a necessidade de tornar clarasas regras quanto a avaliação, composição e formatação dos Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC dos alunos dos Cursos de Pósgraduação Lato Sensu do Centroresolve: 

Art. 1º . Fica instituído, no âmbito do Centro de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão Prof. Paulo Roberto Moraes de Mendonça - CPPEX, da Faculdade de Teologia e Ciências Humanas – FATECH asdiretrizes da presente Resolução. 

Art. 2º . Os alunos dos Cursos de Pós-graduação Lato Sensu só poderão defender/submeter para avaliação seus Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC após concluída a respectiva matriz curricular e atingido o tempo mínimo de duração de seu Curso. I –A matriz curricular para os alunos em Regime Intensivo será distribuída em até 50 (cinquenta) dias úteis, de segunda a sexta; com a respectiva defesa somente após 60 (sessenta) dias, contabilizados desde o início do Curso, e em dias e horários ajustados pela turma eCoordenação;

II - A matriz curricular para os alunos em Regime Semestral será distribuída em até 06 (seis) meses, aos sábados e em outros dias da semana, neste ultimo caso, com a devida anuência da turma; sendo que a respectiva defesa somente ocorrerá após o decurso de tempo do Curso (06 meses), contabilizados desde o início, e em período de entrega definido pela Coordenação do Curso;

.Art. 3º . No âmbito do CPPEX são admitidas duas formas de apresentação do TCC: I - Na forma de Seminário Temático, com Defesa e Avaliação Oral (TAVO); e II - Na formade Artigo, com Defesa Textual (TAVT)

Art. 4º . Os TCCs, na forma de TAVO, Seminário Temático deverão se ajustar as condições a seguir (Redação dada pelo Art. 10 , Parágrafo único;e Arts. 20 e 30 da Resolução CAS n.01/2016): 

§10 . O texto entregue à Coordenação do Programa de Pós-graduação Lato Sensu, como forma de qualificação para a defesa de TCC em Seminário Temático, deverá assumira forma de formulário, e deverá conter: a) Identificação: Faculdade de Teologia e Ciências Humanas; Programa de Pós-graduação Lato Sensu; b) Identificação do respectivo curso de pós-graduação; c) Identificação dos alunos e orientador; d) Identificação/descrição do Tema do TCC; e) Identificação/descrição do Objetivo Principal e Justificativa; f) Identificação/descrição do Método (procedimentos e estratégia de abordagem do tema/problema); g) Descrição dos Resultados obtidos, um a um; h) Descrição das Conclusões, devidamente fundamentada nos resultados; i) Identificação/descrição do Referencial Bibliográfico Fundamental (no mínimo, 03, no máximo 05). 

§2º . Os grupos poderão apresentar os quesitos pontuados no formulário entregue de forma diversa, conforme a necessidade do trabalho, garantindo-se a coerência e harmonia entre os mesmos; garantido também o tempo máximo afixado para a defesa, de até 30 minutos, cumprindo ao grupo usar até 20 minutos para a apresentação, deixando os 10 minutos restante para ser concedido ao professor-orientador, para auxílio às perguntas da banca.

§3º . Ao professor-orientador cumprirá auxiliar os seus orientandos por ocasião da seção de perguntas-e-respostas, subsidiando, em segundo plano, as respostas dadas à Banca por seus orientandos; no espaço de tempo de até 5 minutos a mais do que restar do tempo máximo disposto para apresentação do trabalho

§4º . Da avaliação dos TCCs, na forma de Seminário Temático, caberá recurso, em até 04 dias úteis, contados da data de notificação do Conceito atribuído pela Banca.
§5º . Quando da avaliação de TCCs, o(s) membro(s) da Banca que registrarem valor menor que o normal para o quesito avaliado, deverão descrever por escrito, no verso do formulário de avaliação e devidamente assinado abaixo, os motivos que levaram ao decréscimo da pontuação.
§6º . Os recursos de resultados de avaliação em Banca deverão ser instruídos com uma cópia das fichas de avaliação do TCC, um termo de contra-argumentação aos quesitos minorados. E, recebido o recurso, caso se observe que os quesitos questionados (em recurso) sejam divergentes, entre um e outro membro da Banca, atribuir-se-á o maior valor observado.
§7º . Os grupos que tiverem recebido, na avaliação em Banca, um conceito menor do que o desejado (com ou sem recurso), poderão entrar com pedido de reapresentação, pagando-se as respectivas taxas determinadas pela Direção Acadêmica.
§8º . O valor médio atribuído ao grupo deverá ser revertido nos seguintes conceitos: I - Insuficiente – D, de 0 à 6,9 pontos; II - Regular – C, 7,0 à 7,9 pontos; III - Bom – B, de 8,0 à 8,9 pontos;e IV - Excelente – A, de 9 à 10 pontos;

§7º . Após avaliado o grupo, o presidente da Banca Examinadora deverá anunciar ao grupo o respectivo conceito atribuído ao TCC deles; fazendo com que os mesmos rubriquem todas as páginas da ATA alusiva.

§9º . Quando da Avaliação dos TCCs, na forma de TAVO, Seminário Temático, a Banca considerará, exclusivamente: I - Se os alunos atingiram os objetivospropostos; II – Se o método foi coerentemente apresentado, mostrando-se seus fundamentos; III- Se os resultados obtidos por eles estão condizentes com o método usado, isto é, se os resultados não extrapolam, fogem ao métodoproposto;

IV– Se as conclusões estão em consonância com os resultados, isto é, se estão baseadas nos resultados; e
V - Se a discussão apresentada foi coerente e exclusivamente fundamentada no referencial bibliográficoutilizado. 

§10. Os elementos descritos nos incisos do parágrafo anterior serão analisados, cada um, recebendo pontuação máxima de 2,0 (dois) pontos.
§11º . O TCC dos alunos poderá ser reprovado, caso um dos membros do grupo desacate algum membro da Banca Examinadora, seja com palavras ou gestos; cumprindo a Banca instruir a respectiva ATA com parecer alusivo ao fato. Nesse caso, cumprirá ao grupo requerer nova apresentação pagando as taxas necessárias para ofeito. 

Art 5º . Os TCCs, na forma de Artigo, com Defesa Textual– TAVT deverão se ajustar as condições aseguir.
§1º . Deverão ser entregues na Coordenação de Curso devidamente encadernados e deverá conter, pelo menos, 10 (dez) laudas de texto (parte textual);
§2º . A parte Pré-Textual do Artigo conterá os seguintes elementos: I-Capa, redigida em tamanho 14 (quatorze), em negrito, e no mesmo tipo de fonte usada na parte textual do trabalho (arial ou times new roman); contendo os seguintes elementos, emordem:

a) Faculdade de Teologia e CiênciasHumanas;
b) Centro de Pesquisa Pós-graduação e Extensão Prof. Paulo Roberto Moraes deMendonça;
c) Departamento de Ensino;
d) Curso de Pós-graduação Lato Senso em (indicar ocurso);
e) Título do Artigo;
f) Nome dos alunos;
g) Macapá/AP;
h) Ano de conclusão docurso. 

I - Folha de Rosto, redigida em tamanho 12 (doze), e no mesmo tipo de fonte usada na 5 parte textual do trabalho (arial ou times new roman); e contendo os seguintes elementos, emordem:

a) Título do Artigo;
b) Nome dos alunos;
c) O texto:Trabalho apresentado a Coordenação do Centro de Pesquisa Pós-graduação e Extensão Prof. Paulo Roberto Moraes de Mendonça; da Faculdade de Teologia e Ciências Humanas, como requisito parcial para a obtenção do título de Especialista em (indicar o nome docurso);
d) Área de Concentração (Ensino Religioso, Gestão e Docência no Ensino Superior; Gestão, Supervisão e Orientação Escolar,etc);
e) Professor(a) Orientado(a), deve descrever o nome e conter o respectivovisto;
f) Macapá/AP;
g) Ano de conclusão docurso. II - Folha de Avaliação, redigida em tamanho 12 (doze), e no mesmo tipo de fonte usada na parte textual do trabalho (arial ou times new roman); e contendo os seguinteselementos: a) Título doArtigo; b) Nome dos alunos; c) Data da avaliação. Deve escrever a expressão: Avaliado em / /, d) Conceito Final. Deve escrever a expressão: Conceito Final: ; e) Professor(a)-Avaliador(a); f) Coordenação do CPPEX; g) Macapá/AP; h) Ano de conclusão docurso.

§3º . O Resumo do Artigo deverá ser redigido apenas em Língua Portuguesa, devendo preceder a introdução, ficando na mesma página, e ser constituído de um único parágrafo com, no máximo, 06 (seis) linhas de texto, em fonte arial ou tymes new roman, de tamanho 11(onze) ou 10 (dez), com espaço simples entre linhas; e deverá conter, em ordem do discurso: I – Os objetivos; II -O método de análise usado; III - O principal resultado; IV -Conclusão; 6 V – Palavras-chaves, em uma linha separada do Resumo; apresentando-se até 05 (cinco)palavras;
§4º . A parte textual do Artigo, a partir da Introdução até as Conclusões, deverá ser redigida em tamanho 12 (doze), em fonte times new roman ou arial, sem espaço entre um paragrafo e outro, com espaçamento entre linhas de 1,5 cm (um centímetro e meio); e deverá observar os seguintes elementos: I - As seções (Introdução, Resultados, Método, Conclusão etc) deverão ser indicadas por números arábicos, separadas deles por um espaço em branco; devem ser redigidas em letras maiúsculas e em negrito; em tamanho 12 (doze) e no mesmo tipo de fonte adotada no Artigo (times new roman ou arial); II - As subseções deverão observar as regras do inciso anterior, contudo, redigidas em letras cursivas (só a primeira letra em maiúscula, respeitado os nomespróprios); III – A parte textual do Artigo deve estar em formato justificado; e em layout de página de: 3 cm, para as margens superior e esquerda; e 2 cm para as margens inferior edireita. §5º . As citações diretas com até 03 (três) linhas deverão ser redigidas no mesmo tamanho e fonte do texto, contudo, devem ser indicadas em itálico e sem aspas;
§6º . Serão utilizadas aspas (“) apenas para indicar palavras ou frases irônicas;
§7º . As citações diretas com mais de 03 (três) linhas de texto deverão ser redigidas: I - Em separado do texto (um espaço em branco entre as linhas anterior e posterior); II - Em tamanho 10 (dez) ou 11 (onze); III - Com espaço simples entre suas linhas; e alinhadas à margem direita; e com espaço de 04 cm (quatro centímetros) da margem esquerda; finalizadas com a indicação do último sobrenome do autor da obra (em letras maiúsculas), ano de publicação e página.
§8º . As citações diretas com até 03 (três) linhas deverão ser concluídas com a indicação, entre parênteses, do último sobrenome do autor da obra (em letras maiúsculas), ano de publicação epágina; e as indiretas, com apenas a indicação, entre parênteses, do último sobrenome do autor da obra (em letras maiúsculas) e ano depublicação.
§9º . As Referências Bibliográficas deverão ser redigitas em tamanho 12 (doze), na mesma fonte adotada na parte textual, em ordem alfabética, com espaçamento simples entre linhas e separadas (uma da outra) por uma linha em branco; e atendidas às diretrizes de apresentação previstas naNorma Brasileira de Referência 6.023 (NBR6023).

Art. 6º . Tanto para os TCCs na forma TAVO quanto TAVT, na primeira página, que conterá o Resumo e a Introdução (ou parte dela), após a descrição do Título do Trabalho, devem ser indicados os nomes dos alunos e do(a) professor(a)-orientador(a), ambos alinhados à margem direita da página, devidamente identificados em notas de rodapé.

Art. 7º. Os alunos dos cursos de Pós-graduação em Regime SEMESTRAL deverão apresentar o TCC na forma TAVT, sendo-lhes permitido grupos de até 03 (três) alunos, sujeitando-se a avaliação oral. PARÁGRAFO ÚNICO. Na avaliação dos artigos serão considerados:
I – A formatação;
II – Se os objetivos foramalcançados;
III – Se o método foi coerente e sistematicamente apresentado e usado para a obtenção dos resultados propostos;
IV – Se os resultados são pertinentes ao método;
V – Se as discussões foram bemfundamentadas;
VI – Se as conclusões estão fundamentadas nos resultados;
VII – Se o Artigo proposto ficou completamente construído.

Art. 9º . Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação e revoga as disposições em contrário.

Macapá-AP, 10 de março de 2015 

Francisca Barros Cavaleiro
Coordenadora do PPGLS

Deixe Seu Comentário